Quadrilha rouba cerca de seis toneladas de ferro

22/05/2013 00:38 - Modificado em 22/05/2013 00:38

ferroA Brigada de Investigação Criminal identificou um grupo de indivíduos que assaltou um estaleiro na Ribeira de Julião, ilha de São Vicente. Os assaltantes roubaram sete barras de ferro e venderam-nas a um ferro-velho. O material roubado foi destinado para alimentar a candonga do ferro em São Vicente.

O NN apurou que o roubo de materiais para alimentar a candonga do ferro aumentou nos últimos meses em São Vicente. O último caso aconteceu num estaleiro de um cidadão que reside na zona da Ribeira de Julião. Perante o assalto, o homem apresentou queixa à Polícia na tentativa de reaver o material.

Para resolver a situação, a Brigada de Investigação Criminal foi accionada para realizar averiguações e deter os suspeitos. E no âmbito de diligências efectuadas, a BIC identificou oito indivíduos como sendo os autores do roubo das barras de ferro por um total de 5600 kg. Os larápios usaram uma viatura de caixa aberta para concretizar o assalto mas, segundo o que apurámos as peças de ferro foram recuperadas num ferro-velho na Ribeirinha de Vinha.

Candonga do ferro

De acordo com informações colhidas na PN há um aumento da procura de ferro-velho em São Vicente por parte de indivíduos da costa africana. A procura desses materiais está a estimular uma onda de assaltos na cidade do Mindelo, já que o ferro é comprado na razão de dez escudos por quilo e destina-se à exportação.

Nos últimos meses foram registados casos como o de um cidadão nigeriano detido na posse de 80 kg de ferro avaliados em 25 mil escudos roubados no quintal de uma residência e de seis indivíduos detidos por envolvimento num roubo de peças de carros e outros metais, num armazém da Stand Moderno, na Ribeira de Julião.

  1. Dje Guebara

    A culpa de essos roubos são das uatoridades imcopetentes que temos na nossa terra que admitem que um estrangeiro venha a propocionar que os cidadãos cometem roubos para que eles podem comprar os materias roubados e exporta-los para fora do paìs.Deveriam de expulsar essos lixos fora de Cabo Verde ou meter-los presos porque todo aquele que toma parte em compra de qualquer objeto roubado deveriam ser julgados com a mesma condena.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.