Augusto Neves: “O Governo quer fazer de Santiago a ilha de todos os investimentos“

15/05/2013 01:06 - Modificado em 15/05/2013 01:07

Augusto Neves, Presidente da Câmara Municipal de São Vicente, comenta as recentes estatísticas que indicam que a ilha continua a liderar a taxa de desemprego do país.

Neves atribui a falta de investimentos na ilha por parte do Governo como o principal motivo da situação actual de desemprego, afirmando que “na última década, os grandes investimentos foram para a ilha de Santiago”. Diz estar aberto para o diálogo mas sente que não se pode ficar apenas pelas conversações mas devem-se começar a tomar medidas concretas para melhorar a situação da ilha.

 

  1. Barata

    ridiculo, então a cmsv nao faz nada e tb nao é culpada pelo marasmo de sv.
    Sr augusto o povo foi parvo em elege-lo mas a conta virá em breve.
    Nao passa de um hipocrita, inerte, imbecil e incompetente.

  2. Mindelense

    Politica a parte, tenho que reconhecer que Gusto é, com esta declaração, o Primeiro Mindelense que não tem medo da Praia. É primeiro mindelense que assume publicamente esta luta de descentralização (e não contra a Praia), em prol de todas as ilhas, pois não é só São Vicente que sofre com esta exegerada e estratégica centralização. Ao nível de deputados, sobretudo os do PAICV, São Vicente está mal representado (exceptuando o Xáze Novais), pois eles nada fazem para defender esta ilha.

  3. Verdianinho

    Senhor Presidente, desde 1990 tem sido assim. À exceção do número de décadas, não nos conta nada de novo. De facto, este e outros governos fazem isso. A norte fica o país de segunda, promovida, de quatro em quatro anos, a um meio termo entre nada e quase. Um governo só governa razoavelmente bem se conviver com uma razoável oposição. Ora, Cabo Verde não tem nem uma coisa, nem outra. Num país arquipelágico e pobre como o nosso, a composição orgânica de todos os partidos é a nossa maior pobreza.

  4. jota jota

    É só falá sobre situação económica pá S.Vicente, e falta de investimentos pa S.Vicente, bô ta começá t’oiá qu’es Barata te saí d’conte, claro ês ca tá gostá de sôncente tâ desenvolvê, criolo desse terra é mesmo complicôde, sem sôncente Cabo Verde ca tâ desenvolvê nô te continuá na mesma cepa torta.

  5. Carlos

    Precisamos regionalizar urgente, ter mais autonomia para decidir o que e bom ou mau para nossa ilha , todas as ilhas tem de fazer isso. Nao e certo alguem que nao conhece a realidade de nossa ilha estar a decidir por nos . O desenvolvimento da ilha de Santiago foi grande parte dos recursos que vem sendo tirandas das outras ilhas, humanos e financeiros. O sistema tem de mudar Urgente!!!!! seria bom que as pessoas tivessem consciencia disso.

  6. Badiu

    Um politico desprovido de ideias. Em que a unica saida agora é fomentar a rivalidade Santiago/SV.

  7. maria

    es politico sabe so fala na desemprego e promote emprego pa jovens. Ma discuti um forma de diminui de desemprego, faze um plano pa combate ninguem ta sirvi. esse ca e problema so de governo ele e de tud gente principalmente de entidades locais c deve espia alternativa pa promove emprego pa jovens. bsot politico bsot para por favor de iludi jovens na altura de campanha c bsot mentira ta promote emprego pa jovens. jovens ca bsot acredita nmas na es politicos mentirosos c sabe so aproveita de bsot

  8. Mindelense de gema

    O Presidente da Camara Municipal de Sao Vicente teve a coragem de dizer bem alto , aquilo que muitos cidadaos pensam baixinho . Nao é novidade por nenhum cabo-verdiano que este governo liderado pelo o PAICV , so pensa na ilha de Santiago e que na verdade quase todos os investimentos sao feitos ai na Capital . Quanto ao silêncio que reina no nosso pais é imposto pelo o sistema praticado pelo poder politico , ou seja todo aquêle que criticar este governo , serà perseguido !..

  9. Fernando Delgados

    É preciso muita lata desta gente do PAICV.
    Podem argumentar que a Câmara de S.Vicente herdada do Faria e da Isaura,constitui uma herança de miséria.Tudo bem.A justiça foi incapaz de apurar responsabilidades de uma gestão danosa.Tudo bem.Mas também a Câmara de S.Vicente não foi a mais mal gerida, nem de perto nem de longe.O governo do José Maria investiu rios de dinheiro na era Filú.O Ulisses contraiu dívidas avultadas.De facto essa gente do PAICV S.Vicente nunca defendem o interesse desta ilha.

  10. Manuel Gonçalves

    Caro Gusto, porque não pedir independência para a ilha de S. Vicente e acabar de uma vez por todas com essa lengalenga de discriminação de SV em favor de Santiago, centralismo, etc. O senhor é um divisionista, bairrista, incendiário e incompetente. Aqui em Santiago estamos fartos de ouvir esse tipo de discurso. Enquanto faz essa narração, semeando ódio contra Santiago, nós aqui TRABALHAMOS, lutamos, pois que é da capacidade de trabalho de um povo que advém, em grande parte, a sua prosperidade.

  11. Mindelense de gema

    Camara de Sao Vicente mal gerida ?? Com que argumentos ?? Que se saiba , corrupçao nepotismo ” lancha ‘s voadoras ” , so se encontra na Capital , là onde hà ( capitais ) de todo tipo de investimentos (legal e ilegal) !!! Sao Vicente é a segunda ilha a mais importante de Cabo Verde quer seja social politico e economico , mas de economla a ilha està estrangulada !.. Quém derige tudo é o governo e o PAICV !..Nao fingem compreender a situaçao do nosso pais !..

  12. EUCLIDES CARDOSO

    QUER DIZER O GUSTO TINHA QUE CRIAR EMPREGO COM O FRACO ORÇAMENTO DA CMSV? É ISSO QUE ESSES FRETISTAS DO PAICV QUEREM? NÃO MEUS AMIGOS A RESPONSABILIDADE DE CRIAR EMPREGO CABE EM PRIMEIRO LUGAR AO GOVERNO. O TXEPS POR SUA PARTE PERDEU UMA BOA OPORTUNIDADE DE FICAR CALADO E DEICHAR O GOVERNO RESPONDER. MAIS UMA VEZ A FAZER FRETE AO SEU PARTIDO E GOVERNO.

  13. fernando fortes

    Oh Sr.Mindelense de Gema,convenhamos.A Câmara tem sido mal gerida:Durante os mandatos de Isaura Gomes foi esbanjado milhões de contos.Isto é um facto.A questão levantada pelo presidente Augusto é outra natureza.Mais de 80% dos impostos gerados em S.Vicente,são cobrados pelogoverno central.Se esse governo não devolve parte dessa receita arrecadada em forma de investimento público, é como retirar todos os dias dinheiro de um mealheiro.No fim fica vazio.Esse é o grande problema.Acontece há 38 anos.

  14. Mindelense de gema

    O facto de o Presidente da Câmara Municipal de Sao Vicente , tenha manifestado o seu descontentamento em relaçao à situaçao economica da ilha de monte cara , nao quer dizer
    fomentar discriminaçao entre Santiago / Sao Vicente , como se Cabo Verde se resumisse somente naquelas duas ilhas ? E as outras !.Nao fazem parte também do arquipélago ?
    Absurdo !..Nota-se nitidamente a intençao de ( politizar ) de forma discriminatoria a situaçao economica do pais !..

  15. Maria de São Vicente

    Força Sr: Presidente da CMSV o povo de são Vicente esta contigo, temos que ter de volta o nosso Mindelo que era bem desenvolvido, vamos lutar até os últimos momentos para o nosso investimentos no Mindelo que foi Centro de formação de todos os Caboverdianos, tenha compaixao de nós, porque aqui se faz aqui se paga. Deus é bom pai Dr: AUGUSTO NEVES vamos trabalhar juntos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.