Ataque islamista na Nigéria faz 55 mortos

9/05/2013 03:34 - Modificado em 9/05/2013 03:34
| Comentários fechados em Ataque islamista na Nigéria faz 55 mortos

Ataque NigériaA Nigéria foi de novo fustigada esta quarta-feira por uma série de ataques coordenados, levados a cabo pelo grupo islamista Boko Haram na localidade de Bama (nordeste), que provocaram 55 mortos. Durante a ofensiva os rebeledes islamista libertaram 105 prisioneiros.

 

“Terroristas fortemente armados do Boko Haram” lançaram os ataques por volta das 5h da madrugada contra casernas, uma prisão e vários postos e esquadras da polícia mas também uma clínica, disse à AFP um porta-voz militar nigeriano a partir de Maiduguri, considerado como o berço daquele grupo radical islamista e situado a cerca de 67 quilómetros de Bama.

 

“Nestes ataques morreram 55 pessoas, incluindo dois solados, guardas de prisão, polícias e civis”, disse Musa Sagir. Do lado dos rebeldes, o mesmo porta-voz disse que foram mortos dez e dois foram presos.

 

No ataque à prisão, os islamistas conseguiram entrar no interior do edifício, matando todos os guardas, menos dois que conseguiram esconder-se, e libertando 105 prisioneiros.

 

Jornalistas nigerianos que se deslocaram a Bama após os ataques disseram ter visto cadáveres apresentados como sendo de islamistas que estavam vestidos com uniformes do exército.

 

Bama já tinha sido alvo de uma ofensiva do Boko Haram no dia 25 de Abril que deixou 17 pessoas mortas. Na contagem global, a violência ligada à insurreição dos islamistas e à sua repressão pelo exército já provocou mais de 3.600 mortos desde 2009. O banho de sangue mais recente ocorreu em Baga, no Nordeste do país, quando exército e islamistas se enfrentaram em meados de Abril numa batalha que provocou 200 mortos.

 

A Nigéria, dividida entre o Norte predominantemente muçulmano e Sul maioritariamente cristão, vive regularmente violências inter-religiosoas mas a ofensiva do Boko Haram, no Norte e no Centro do país, é o maior desafio de segurança que as autoridades de Abuja enfrentam actualmente.

 

 

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.