Um mês depois : Jovem agredida pelo companheiro saiu do coma e recuperou a fala

30/04/2013 01:07 - Modificado em 30/04/2013 01:16

medico familiaO NN apurou que o estado de saúde de uma mulher agredida pelo companheiro registou algumas alterações. Depois de um mês em coma, a jovem de 21 anos apresentou sinais de recuperação com alguns indícios de movimento nos braços e nas pernas e, através de tratamentos médicos, conseguiu recuperar a fala, pelo que agora, teve alta médica.

Na madrugada do dia 22 de Fevereiro, uma mulher de 21 anos foi agredida por um cidadão de 25 anos com quem vivia na zona de Lombo Tanque. A vítima sofreu vários ferimentos na zona da cabeça e foi encontrada estatelada no chão sem dar sinais de vida.
Na sequência das agressões, a jovem sofreu um traumatismo craniano grave e foi internada nos Serviços dos Cuidados Intensivos em estado de coma, uma vez que não falava e nem apresentava sinais de movimento nos braços e nas pernas. A vítima esteve à beira da morte e para lhe manter a respiração, os médicos de serviço tiveram que recorrer a um ventilador mecânico e ao oxigénio.

Recuperação

 

Mas com a alteração do quadro clínico que passou de coma para reservado foi decidida a sua transferência para os Serviços de Cirurgia. Volvidos dois meses, a jovem teve alta médica e, segundo o que apurámos, vai enfrentar um processo de fisioterapia.
Este online soube que “a paciente teve melhorias no seu estado de saúde, com a recuperação da fala, por isso, por decisão médica, regressou a casa. É certo que não apresenta sinais absolutos nos braços e nas pernas, mas tem reacções involuntárias. De todo o modo, vai enfrentar um processo de recuperação que lhe permitirá recuperar os movimentos com o passar do tempo”.
De realçar que o caso está a ser investigado pelas autoridades criminais para apurar os factos que culminaram na agressão. Quanto ao agressor, cumpre prisão preventiva e está indiciado da prática de um crime de ofensas agravadas.

  1. Mila

    Ess rapaz ene gent nao, ele e simplesment um limária!! Justiça!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.