“A minha reforma só será no dia em que Deus me levar”

24/04/2013 00:23 - Modificado em 24/04/2013 00:23
| Comentários fechados em “A minha reforma só será no dia em que Deus me levar”

TitotaTitota uma das vendedeiras mais conhecidas de São Vicente aguarda em casa a marcação da consulta em Portugal para poder ser evacuada. A junta médica já foi emitida e a Titota está à espera com ansiedade pela evacuação. Adianta ao NN que as dores persistem e o mais desesperante é a perda da sua autonomia como mulher e dona de casa.

A Titota encontra-se em casa com pouca mobilidade nas pernas e diz a este online que o facto de não poder movimentar-se está a causar-lhe algum desespero, visto que sempre foi uma pessoa independente, pelo que não se sente confortável com a sua actual condição física ao depender de um andarilho para se movimentar.

A Titota conta ao NN que está difícil habituar-se e que, por enquanto, não pode fazer as coisas que fazia. As lágrimas escorrem na cara da nossa entrevistada, mas de seguida a Titota sorri e diz “sei que vou ter a minha saúde e ainda estarei na porta das escolas por mais 43 anos de trabalho, a minha reforma só será no dia em que Deus me levar”. Questionada sobre o meio de sobrevivência, a Titota refere que a venda em sua casa não é igual e que a venda é “fraca”. Sendo esta mais uma preocupação para  ela que, no entanto, adianta que conta com a ajuda das suas filhas.

A Titota reconhece que o apoio e o carinho das pessoas têm sido um conforto, mas está ansiosa para ser operada a uma hérnia discal em Portugal. A junta médica já foi emitida e, de momento, aguarda a marcação da consulta no hospital de Lisboa para poder ser evacuada, diz a filha Sandra e, assim como aTitota, agradece o apoio que têm recebido.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.