Tribunal condena agressor a seis anos de prisão

19/04/2013 01:56 - Modificado em 19/04/2013 01:56

faca costaO Tribunal da Comarca de São Vicente condenou Leidiane Carvalho, acusado de agredir um jovem com uma facada nas costas na zona do Campinho. O juiz aplicou-lhe uma pena de seis anos de prisão, por considerar que o arguido teve uma conduta grave que atirou a vítima para uma cadeira de rodas.

 

Leidiane Carvalho, de 24 anos, sentou-se no banco do réu para responder à acusação de ofensas agravadas. O jovem era acusado de aplicar um golpe de faca à vítima, Jorge Nuno na região da coluna, situação que lhe provocou uma paralisia nos membros inferiores, e que o atirou para uma cadeira de rodas.

O caso de agressão ocorreu na madrugada de 16 Setembro de 2012 na zona do Campinho durante um desentendimento entre o acusado e a vítima. Na sequência de uma briga, Jorge Nuno levou a melhor em duas ocasiões, inconformado, o arguido atingiu-lhe com uma faca nas costas à traição”.

 

Condenação

Perante os factos apurados durante a audiência de julgamento, a decisão do Tribunal pendeu para a versão da vítima. Para o juiz, o depoimento de Leidiane que “a faca utilizada na agressão pertencia a vítima, e que desarmou o ofendido durante uma briga, para de seguida agredi-lo nas costas” não tem fundamentos, porque a base dos factos, e da experiência do senso comum demostra que “se a vítima estivesse armada teria golpeado o arguido”.

Neste sentido, o Tribunal emitiu o seu despacho de sentença sublinhando que a perícia médica demostrou que a agressão foi feita “à traição, e por uma pessoa canhota, neste caso pelo acusado que utiliza a sua mão esquerda para os seus afazeres”.

O juiz considerou o arguido como um “mau perdedor”, que por questões de intolerância agiu no sentido de vingar a “sova” que levou da vítima, e que só não matou o ofendido por sorte. O magistrado concluiu dizendo que o jovem teve uma conduta grave, na sua forma de agir, pelo que com essa pena terá oportunidade de mudar de comportamento.

  1. TUTU

    A MUITOS ERROS DE CONCORDÂNCIA

  2. pólvora

    E bo TUTU cometes um erro mais grave ou usares o A artigo definido , feminino , singular e ” A muitos erros” quando deves usar o ” Há muitos erros” do verbo haver . Essa foi boa TUTU , apontando erros errando de forma grosseira , o q não implica que a revisão do NN, que melhorou muito, pois os erros dessa natureza agora são raros quando antes eram constantes , não tenha mais atenção .

  3. Sampadiu.

    Tenho muita pena do Jorge Nuno. Jovem na flôr de idade numa cadeira de rodas . O safado, “mau perdedor”, como afirmou o Meritíssimo só leva 6 anos???? Para mim deveria ser uns 10 ou mais. Porque 6 anos com bom comportamento (?) e com cumprimento de 2 terços de pena, vem cá para fora fazer sua vida normal. E a vítima Jorge Nuno? A prisão numa cadeira de rodas para toda vida. Para mim injustiça. Saudações amigas ao Jorge. 1abç e muita coragem.

  4. Ivan Gomes

    Esse individuo deviaera apanhar os doze anos de cadeia, pq transtornou por completo a vida de um jovem

  5. Ex gent tita caba k sex vida !!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.