Augusto Neves foge da ratoeira da UCID : afinal sempre se vendeu terrenos sem o sim da AM

16/05/2012 00:54 - Modificado em 16/05/2012 10:21

A UCID como prometido trouxe para a sessão da Assembleia Municipal a questão da alienação de terrenos e a falta de informação sobre a divida publica do município. Esse assunto tomou um grande período de tempo durante a sessão. A UCID através do seu líder de bancada João Luís pediu ao presidente, Augusto Neves explicações sobre estes tópicos. A bancada da UCID mesmo pediu um inquérito para averiguar estas ilegalidades.

Para o presidente da Câmara Municipal esta atitude é “pura politiquice”. E explica que são questões do ano passado e que a assembleia já realizou algumas sessões em que estas questões não foram levantadas e por isso não entende porque a UCID só agora vem levantar estas questões.

Questionado sobre a escolha do timing para apresentar estas denúncias João Luís explica que estes assuntos são de 2011. E solicitaram aos documentos das alienações para verificarem se tudo estava indo bem e “para facilitarem a nossa análise” para a apreciação das contas de gerência referentes ao ano de 2011.

A ratoeira

Mas é  no timing escolhido   pela UCID  que parece estar o “calcanhar de Aquiles” das denúncias de irregularidade na venda de terrenos apresentadas pela UCID . E foi por ai que o PAICV entrou para questionar : onde estava a UCID  quando milhares de hectares de terrenos foram vendidos pela gestão de Isaura Gomes  sem a  autorização  da AM? Uma pergunta de resposta difícil pois desde o tempo de Onesimo Silveira  que todos os partidos , incluído o PAICV e o MpD,  deixaram que os terrenos municipais  fossem vendidos pela Câmara  sem a autorização da Assembleia .

Mas Augusto Neves não entrou no baile de João Luís , líder da bancada da AM do partido, que permitiu  o gestão do MpD tivesse a vida tranquila que teve durante o mandato. No bom crioulo,  o presidente da CMSV “ da bo dod” e  não entrou na guerra  que nem sequer é dele . O Presidente da AM , João Gomes,  serenou os ânimos da UCID  dizendo que  iria pedir as informações ao Presidente da Câmara e que depois serão  disponibilizadas para  consulta das bancadas, o mais rapidamente possível.

Esta solução agradou ,em parte, a UCID. “Posso ver os documentos comprovativos mas a legalidade fica por resolver”, na perspectiva de João Luís, que ainda defende que a Câmara Municipal vendeu terrenos sem autorização da AM. Para Augusto Neves a UCID recebeu todos os documentos.  E esta discussão prossegue já , já na campanha eleitoral.

 

 


  1. Saltos, Trampulinadas, Calapadas, Muito Blá Blá Blá…E as vendas de terrenos em S.Vicente de Cabo Verde continuam naquele pode quem pode que não pode que pudesse.Há tempos até um variador da CMSV vendeu-me um terreno que ele obteve nem se sabe como por nove mil contos Ora amigo e Sr.Augusto Neves dado á sua conhecida integridade já é tempo de dar uma vassourada lá dentro na CMSV porque senão S.Vicente vai ficar lixado se o estrangeiro continuar a comprara tudo tal é o caso de Jon D’EBRA.

  2. osvaldo Dantas

    Gente apanhada nas malhas da politica sem dela nada entender. Paciencia, a minha ilha entregue à bicharada. É evidente que a UCID tem o direito de pedir todas as informações que entender. A Camara é obrigada por Lei a responder as questões quando solicitadas. Ou quer a Camara gerir a agenda da UCID? Marcar a hora em que cada um deve perguntar? E pq não responde? Terá o rabo preso? Se não tem, faça favor de falar das contas que não são da sua casa nem da sua familia mas de todos nós, dos impostos

  3. Sr.Augusto Neves, O povo de São Vicente está consigo para tomar conta da nossa Ilha.
    Por favor não nos desiluda.Sabia que nessas coisas de ordem politica não deve haver amiguismos nem parentes próximos.Mas sim Justiça e a primeira deve começar sempre em casa como nos ensinaram os nossos velhos.Tal é o caso actual da CMSV.Faça sobretudo muito do Social porque o nosso povo bem necessita.Assim que poder dê uma vassourada nos incautos e corruptos que ali se encontram na CMSV.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.