Kerry quer solução pacífica na Coreia, mas promete proteger os seus aliados

14/04/2013 22:11 - Modificado em 14/04/2013 22:11
| Comentários fechados em Kerry quer solução pacífica na Coreia, mas promete proteger os seus aliados

GuerraSecretário de Estado norte-americano conclui no Japão uma visita à Ásia, depois de ter passado pela Coreia do Sul e pela China.

 

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, afirmou este domingo, no Japão, que Washington quer uma solução pacífica para o clima de tensão na península coreana, mas prometeu proteger os seus aliados asiáticos contra qualquer ameaça da Coreia do Norte.

 

“Acho muito infeliz que os media estejam a dar tanta atenção ao tema da guerra, quando devíamos estar a falar sobre as possibilidades de paz. E acho que essas possibilidades existem”, disse John Kerry numa conferência em Tóquio, após uma reunião com o seu homólogo japonês, Fumio Kishida.

 

O secretário de Estado dos EUA conclui no Japão uma visita à Ásia, depois de se ter reunido com os dirigentes da Coreia do Sul e da China, com quem discutiu o programa nuclear norte-coreano.

 

Este domingo, Kerry sublinhou que os Estados Unidos farão “o que for necessário” para defender o Japão e a Coreia do Sul, mas deixou outra mensagem: “A nossa opção é negociar. A nossa opção é dialogar e encontrar uma forma de dar paz à região.”

 

O ministro dos Negócios Estrangeiros japonês reforçou que o Japão e os Estados Unidos querem que a Coreia do Norte abandone o seu programa nuclear. “Acordámos que a Coreia do Norte deve cessar o seu discurso e o seu comportamento provocatórios e mostre que está a dar passos concretos com vista à sua desnuclearização”. A mensagem foi clara: “Não podemos permitir que a Coreia do Norte possua armas nucleares, seja de que forma for.”

 

 

 

publico.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.