Pesar pela morte de António Canuto: “um homem de visão empresarial”

5/04/2013 15:30 - Modificado em 5/04/2013 15:35

antonio canutoA notícia da morte do Eng.º António Canuto é vista como uma grande perda para Cabo Verde, mas com uma obra que vai perdurar. Tendo participado em vários projectos empresariais que sustentam a vida económica da ilha de São Vicente.

 

Belarmino Lucas que conviveu de perto com o malogrado diz que o caracterizou como “um homem de visão empresarial, com muitas ideias inovadoras”. Lucas que recebeu a notícia com muito pesar e consternação assegura que deixou uma grande obra que vai perdurar, e por isso e por estas obras deve e vai ser recordado pelas gerações vindouras e que “hoje cabo verde perdeu um grande filho e um grande homem”.

Na RCV outras pessoas que conviveram de perto com o Eng.º Canuto demostraram pesar pela perda. Eugénio Morais disse a emissora pública que o malogrado “é um exemplo a ser seguido” e que merecia o lugar que ocupava.

António Canuto fica na memória pelos vários projectos empresárias que iniciou e que tem o seu peso na economia actual da ilha. Os que o relembram sublinham a preocupação social “traduzida em muitos projectos que criou”, como ONDS, Associação Nhá Bia, entre outros projectos de cariz social.

António Canuto foi encontrado já sem vida em sua residência nesta manhã e as autoridades policias já confirmam que se trata de um suicídio por enforcamento .

O seu corpo será dado a terra amanhã, seis Abril.

  1. Alcindo Amado

    No percurso da vida tudo pode acontecer.Nada acontece por acaso. Todavia, o desaparecimento trágico do Engº António Canuto abalou a sociedade Mindelense. Ele foi e continua sendo um landmark no universo empresarial cabo-verdeano. Canuto foi o exemplo máximo no empreendedorismo cabo-verdeano. O legado dele é um património nacional e uma referência para todo aquele que pretende ser um exemplo de sucesso. As minhas mais sentidas condolências à família enlutada.

    Alcindo Amado

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.