Juiz manda jovem para prisão preventiva

4/04/2013 00:01 - Modificado em 4/04/2013 00:01
| Comentários fechados em Juiz manda jovem para prisão preventiva

FACAO 1º Juízo Crime mantém a mão pesada em relação aos indivíduos acusados de assaltos na via pública, denominados “caçubody”. Depois de aplicar pena de prisão a dois jovens na segunda-feira, o juiz mandou para a prisão preventiva um indivíduo que assaltou à mão armada uma mulher nas imediações da Escola Secundária Jorge Barbosa.

 

Na terça-feira, o Tribunal da Comarca de São Vicente procedeu ao interrogatório de um jovem de 22 anos detido pela Polícia Nacional. O indivíduo que residia na zona de Monte Sossego respondeu pela prática de um “caçubody” na zona do Madeiralzinho. Por volta das 15 horas, o suspeito atacou uma mulher e roubou-lhe os seus bens.

Findo o interrogatório, a decisão do Tribunal foi no sentido de aplicar a prisão preventiva como medida de coacção, pelo que o Juízo Crime ordenou a condução do indivíduo para a Cadeia Central

O juiz aplicou-lhe a prisão preventiva porque os factos descritos no auto de detenção e nas provas recolhidas pelo Tribunal não permitiam deixá-lo em liberdade. Este online soube que “o arguido diz não ter antecedentes criminais mas, com as investigações, ficar-se-á a saber se é primário. Porém, como medida de prevenção geral, deverá aguardar o desfecho do caso na prisão. Isto, porque com base nos indícios teve uma conduta grave, uma vez que utilizou uma faca para consumar o crime”.

Quanto ao processo-crime que envolve o indivíduo, o mesmo será enviado para o Ministério Público para averiguar os factos que culminaram na detenção do suspeito que está indiciado pela prática de um crime de roubo. Findo o processo de instrução, o MP irá deduzir a acusação para que o jovem seja submetido a julgamento.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.