Ribeira Grande recebe 4ª edição do Puvason Fashion Week

28/03/2013 03:03 - Modificado em 28/03/2013 03:03

modaA cidade de Ribeira Grande, ilha de Santo Antão vai receber no dia 29 Março, a 4ª edição do evento Puvason Fashion Week. Esta edição de 2013 vai contar com a presença do estilista Victor Vaz, mas pelo Puvason Fashion Week já passaram figuras como as Top Model Raquel Pinto, Cláudia Morais e Ayline Fortes, nomeada para representar Cabo Verde na MISS ACP, na Turquia.

 

Em 2009, Jairson Lima conhecido por ”Chain”, nascido na cidade de Ribeira Grande, ilha de Santo Antão criava o evento Puvason Fashion Week. O jovem promotor de eventos, responsável da empresa JL PRODUCTION lançou essa actividade com o objectivo de promover a moda, a arte e a cultura cabo-verdiana.

 

Jairson Lima sublinha que ”outro objectivo é também transformar a Ribeira Grande num ponto de moda nacional e dar a conhecer as jovens beldades da ilha de Santo Antão.

 

Inovação

 

O promotor do evento garante que o Puvason Fashion Week é hoje uma realidade no concelho da Ribeira Grande porque ”mexe com a cabeça dos mais atentos ao mundo moda, porque para eles não basta saber das tendências da moda através da media, querem estar nos backstages e nos principais desfiles. E o evento é visto por muitos jovens modelos como uma rampa para entrarem no mundo dos desfiles e passerelles”.

 

Jairson relembra nomes de jovens que já passaram pelo evento, e que hoje começam a dar os primeiros passos no mundo da moda: Raquel Pinto, Cláudia Helena Morais, Ayline Fortes, entre outras modelos de São Vicente e Santiago.

 

Na edição de 2013, o estilista Victor Vaz de São Vicente, com a colecção primavera/verão é o cabeça de cartaz. Mas o promotor salienta que ” o principal objectivo da organização é que outros estilistas nacionais e não só passem por este evento, que a cada edição vem ganhando mais ênfase e popularidade que o torna um evento de excelência”.

  1. Daia

    força la Brasa, bo t merece tudo sucesso pa esse iniciativa. kel abraço

  2. Ciza

    LOL Deixem de disparates. Que Top Models. Miudas que deviam tar na escola e que ha uns mesitos foram tiradas dos estudos por um concurso que os vais explorar um bocadinho e tchau. Esse mediatismo da pseudo-moda so contribui para iludir a cabeça das nossas miudas. Nao existe moda onde nao possa existir industria. Moda nao é desfile é um negocio sustentavel. Aqui começa se a casa plo Teto. Ha criatividade, ha beleza, ha empenho mas realismo precisa-se. Das “misses de zona” passamos a “fashion week

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.