Alunos do ex ISECMAR reagem as acusações do reitor: ” houve violência e obscenidades mas da parte da presidente”

22/03/2013 00:33 - Modificado em 22/03/2013 00:33

alunos ex isecmarReagindo a acusação do Reitor da UNI CV que o protesto contra o pagamento da taxa de exame foi violento , os alunos perguntam : é violento tocar latas , cantar o hino nacional , fazer exposições de arte à porta da escola” . Os estudantes afirmam que houve violência e obscenidades , mas da parte da presidente do DECM. Também dizem que se sentiram traídos pela presidente que se colocou abertamente contra eles usando da coacção e da intimidação para impedir que reivindicassem os seus direitos.

 

Em relação as medidas da Reitoria da UNICV-DECM que modificam o regulamento da escola no que tange aos pontos que levaram aos protestos dos alunos, é visto por eles como uma admissão do erro por parte da escola. Avançam que os protestos realizados à porta da universidade não se referem a razões monetárias, mas visam fazer com que os seus “direitos sejam cumpridos na íntegra sem panos quentes”. Por isso consideram que as emendas da Reitoria ao focarem apenas no aspecto financeiro é como ” saltar da frigideira para lume”.

A proposta que os alunos defendem é que os estudantes em regime de avaliação contínua possam fazer um exame e que a taxa de exame estaria incluída nas propinas pagas mensalmente. No caso de ser necessário um recurso para os alunos que não satisfizeram os objectivos, poderia ser paga uma taxa para a sua realização.

Sobre a isenção das taxas para os alunos com propinas em dia, os alunos acham que a emenda foi pior que o soneto, pois no seu entender é uma injustiça porque um “aluno com propinas em atraso é porque tem problemas financeiros”. E uma taxa de 10 por cento de multa pelo atraso adicionada à taxa de exame pode ser “mais uma razão para não pagar”. E não conseguem visualizar como esta medida possa beneficiar os alunos com propinas em atraso. Por isso prometem prosseguir com a luta porque no seu entender ” continua haver ilegalidade e injustiça”.

  1. Baldoquinho

    Então não tem razões financeiras??
    Voces são ignorantes ou que??
    Eu vi tarjas com 1.000$00 Nao. Não pagamos. entre outras.
    Vão dar banho ao cão.
    Houve violência sim, de parte a parte.
    Os contestatários porque não deixaram que outros (que também tinham os seus direitos) a fazer os seus exames e o Presidente por aquilo que disse.

  2. Yannick Rocha

    ô baldoquinho, nunca bo houvi dze k boca cala não entra mosca. Se bo cre fala, primeiro oia kel regulamente, procura sabe exatament o kia k no ti t alega e so depois bem fala.

  3. D Ramos

    A UNICV é ou não uma Universidade Publica!!!…? Estamos ou não temos uma um País Democratico!!!?…então para k tanta demostração de Puder!!!… Isso é que os que pensam…estar com faca e o queijo na mão reagem!!!…REAJAM GOVERNANTES!!!…REAJAM NAÇÃO…REAJAM COMPANHEIROS E CAMARADAS!!! E BEM HAJA O BOM ENTENDIMENTO!!!…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.