Hotelaria em Cabo Verde cresce 6,2% em 2012

18/03/2013 19:49 - Modificado em 18/03/2013 19:49
| Comentários fechados em Hotelaria em Cabo Verde cresce 6,2% em 2012

bandeira_2Os estabelecimentos hoteleiros em actividade em Cabo Verde ao longo de 2012 aumentaram 6,2%, subindo para 207, indica o inventário anual realizado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) cabo-verdiano.

 

Segundo os dados do INE, citados hoje pela Inforpress, os estabelecimentos hoteleiros ofereceram uma capacidade de alojamento de 8522 quartos, 14.999 camas e 18.194 lugares, traduzido em acréscimos de 7,9%, 6,6% e 6,9%, respetivamente, em relação a 2011.

 

Em fins de 2012, a ilha de Santiago tinha 46 estabelecimentos de alojamento turístico, o que corresponde a 22,2% do total, à frente dos existentes nas de São Vicente (33 unidades hoteleiras), Santo Antão (32) e Sal (30).

 

Os dados do INE indicam que o maior aumento ocorreu nas ilhas de Santo Antão, Sal e Santiago, todos com mais três estabelecimentos, Brava (dois) e São Vicente e Boavista (um). Nas ilhas de São Nicolau e Maio não se registaram variações enquando na do Fogo houve um decréscimo de um estabelecimento.

 

No período em análise, os quartos disponíveis continuam a ter maior expressão na ilha do Sal (40,4%), à frente da Boavista (30,4%,) e Santiago (11,8%).

 

Os hotéis continuam a liderar com cerca de 70,5% dos quartos, seguindo-se os aldeamentos turísticos, com 9,4%.

 

A oferta de camas concentrou-se principalmente na ilha do Sal (46,1%), seguida pelas da Boavista (29,2%), Santiago (10,1%) e S. Vicente (6,7%), enquanto as restantes ilhas ofereceram 7,9% do total.

 

A distribuição por tipo de estabelecimento revelou que os hotéis representam mais do que a metade da capacidade de camas disponível (74,2%), seguindo-se os aldeamentos turísticos (8,8%), pensões (7,1%) e residenciais (6,4%).

 

Em fins de 2012, os estabelecimentos hoteleiros inventariados empregavam 5385 pessoas, o que corresponde a um acréscimo de 4% em relação a 2011.

 

 

Oje.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.