Ameaçar pessoas com arma de guerra dá … pena de multa

11/05/2012 00:05 - Modificado em 10/05/2012 23:47

O arguido Adérito Fernandes foi condenado a 90 dias de multa coma taxa diária de 100$00 e caso não pague essa multa cumprirá dois meses de prisão. A arma, Browning de calibre 8mm foi aprendida pelo Corpo de Intervenção, na zona de Bela Vista.

A pistola considerada arma de guerra foi encontrada na posse de um jovem residente em Ribeira de Craquinha, que perante o juiz afirmou estar na posse dessa arma há seis meses e de a ter comprado na cidade da Praia.

Perante o juiz o arguido não negou a prática dos factos e afirmou que a arma está na sua posse há seis meses. Ainda esclareceu que comprou a arma na cidade da Praia por 14.000$00, quando residia nesta cidade. Não negou que no dia em que foi detido, na posse da arma, ameaçou algumas pessoas e que chegou a manipular a browning e que esta estava carregada com três munições. Porém alegou que só ameaçou as pessoas porque estas o queriam agredir com pedras e garrafas.

Perante a confissão do arguido, o juiz dispensou as testemunhas envolvidas no caso com o consentimento do MP que começou as suas alegações.

O MP alegou que dada a confissão do arguido “pedimos a condenação a uma pena de multa. “Já o advogado de defesa pediu apenas que se fizesse a melhor justiça.

Dado a estas circunstâncias o juiz procedeu com a leitura de sentença condenando o arguido Adérito Fernandes a 90 dias de multa com a taxa diária de 100$00. E se este não pagar cumprirá dois meses de prisão efectiva na Cadeia de Ribeirinha.

De recordar que o Corpo de Intervenção realizou uma operação policial na zona de Bela Vista para apreender uma pistola Browning, de calibre 8mm. A arma estava na posse de um indivíduo morador na Ribeira de Craquinha. Mas a apreensão da pistola aconteceu na zona de Bela Vista, local onde decorria uma actividade de cariz cultural.

  1. Mindelense

    Eu não acredito numa barbaridade dessas???? Mas vem cá, este país tem leis a sério??? Isso só pode ser piada…

    Imaginem a quantidade de bandidos daqui de S. Vicente que lerem esta matéria, irão sentir o máximo, ou seja, se pega multa e/ou 2 meses de cadeia, se atirar numa pessoa, uma multa e menos de dois anos de cadeia, Ahhhh, se pegar num lugar do corpo que não mata, a pena será menos ainda.

  2. analista

    Mais uma vez esta provado que a nossa justiça é uma banana, como é possivel isto, o nosso codigo penal é que esta a influenciar mais os bandidos para pratica de crimes , porque o juiz , o procurador e o ministerio publico estao ali neste tribunal a brincar com assunto serio, dia que as suas familiares sobre-se algum atenado é que vao parar de brincar com coisa serio, e ja foi provado que os bandidos nao estao para brincadeiras no caso de procurador vital moeda entre outros casos, que vergonha …

  3. varelaz

    Para as pessoas que acima opinaram, nao é po ter uma arma a e a manipular que se tem obrigatoriamente que ir preso, o sujeito em causa pode ter tido mesmo a necessidade de o ter feito ,sera ele bandido por tal ?, o Sr juiz de certeza que deve ter visto e sobreavaliado o caso antes de proferir a sentença.
    Cada caso é un caso nao julguem assim.

  4. sim senhor pa ja vi mesmo que a nossa sociedade esta cada ves vais abaixo da linha de agua ç
    onde essse juiz formou ,,,,
    ele deve ter comprado esse diplona e ainda os burrros da justiça chamados chefes de estados lhe dao trabalho para o aprofundamento da nossa sociedade

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.