Morreu Malaquias costa o exímio violonista

7/03/2013 15:11 - Modificado em 7/03/2013 15:11

Malaquias1Malaquias Costa, Malacas, faleceu hoje na cidade do Mindelo. Encontrava-se internado no Hospital Baptista de Sousa em estado grave. Figura incontornável das noites cabo-verdianas na ilha de São Vicente, sempre com a sua presença única e amistosa nas suas actuações, acompanhado pelo seu violino. Figura reconhecida entre os músicos, apesar de não ter um disco gravado fez várias participações em trabalho de outros artistas como Manuel de Novas e Cesária Évora.

 

Malaquias nasceu em Santo Antão no ano 1926, e desde de cedo teve contacto com instrumentos musicais incentivado pelo pai. E orgulha-se de ter sido aprendiz de B.Leza, outro nome da música. Através da música teve a oportunidade de conhecer outros países como Portugal, Estados Unidos, Brasil, Alemanha, França entre muitos outros.

 

Em 2011 foi homenageado na ilha de São Vicente, na Academia de Música Jotamonte. Um dos promotores do evento, Kikas, disse na ocasião que era uma homenagem mais do que merecida. E classificou Malaquias como um “músico reconhecido nacional e internacionalmente, e um músico que nos transmite muitos conhecimentos,”.

Aos 87 anos Malaquias parte deixando uma legado e um nome na cultura e música cabo-verdiana.

 

  1. Amandio Cabral

    Caros Caboverdeanos
    No mundo artiisco da musica, o nome de Malaquias Costa, e’ o que fica gravado no meu
    coracao, ate’ o dia que eu tambem partir. A’ familia enlutada, que Deus as protege.
    Vosso sempre,
    Amandio Cabral

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.