Lanchonetes encerradas por incumprimento de horário

5/03/2013 02:29 - Modificado em 5/03/2013 02:29

Lanchonetes encerradosDurante o fim-de-semana, a Brigada Anti-Crime realizou uma operação policial que abrangeu estabelecimentos comerciais na ilha de São Vicente, dos quais foram encerradas duas lanchonetes de venda ambulante que estavam a funcionar fora do horário determinado pela CMSV.

 

O Comando da Polícia Nacional apresentou o plano das actividades realizadas pelas Unidades da PN neste fim-de-semana. Foram abordados e revistados na via pública 145 indivíduos, dos quais 29 foram conduzidos para identificação e cinco foram entregues ao Ministério Público.

Mas o destaque dos trabalhos vai para uma actuação da Brigada Anti-Crime na fiscalização dos serviços prestados por estabelecimentos comerciais na ilha de São Vicente. Dos estabelecimentos fiscalizados, os agentes da BAC deram ordens a dois proprietários para encerram os seus espaços comerciais porque estavam a infringir o Código de Postura Municipal.

Segundo o que apurámos, as duas lanchonetes situadas na Rotunda da Ribeira Bote e em Fonte Francês não respeitaram o horário de funcionamento definido na licença passada pela Câmara Municipal de São Vicente, segundo a qual não podem operar depois da meia-noite.

Perante esta situação, os proprietários encerram os estabelecimentos, mas a BAC deixou-lhes um alerta “para a próxima vez vão ser aplicadas as coimas previstas no Código de Postura Municipal”. De realçar que essa acção está englobada nos planos de trabalho da BAC e que a sua actuação já culminou no encerramento definitivo de alguns estabelecimentos comerciais.

 

Ocorrências

Ainda no quadro do relatório, o Comando da Polícia Nacional, registou 16 crimes contra pessoas, 13 crimes contra o património e a Brigada de Trânsito registou quatro colisões entre veículos e elaborou cinco autos de contra-ordenações ao Código da Estrada.
Foram recuperados 72 mil escudos, 320 euros, três telemóveis, uma pen drive, um rádio CD, um iPhone, 42 Cd, 20 colheres, sete garfos, uma cabra, um cão de raça “pitbull”, uma saia e uma blusa. No capítulo das solicitações, o  Serviço de Emergência atendeu a 161 chamadas de cidadãos para resolver situações de marginalidade em diversos bairros da ilha.

  1. visigol

    bom trabalho. quel lanchonte na rotunda d Ribeira bote te atrai tcheu maltas delinquente pe quel area pk el te fca aberto ate madrugada e um pessoa q te passa te estod sujeito a ser assaltod, la te tem tcheu encontro de grupos q te arranja tcheu briga na quel area. É um forma de es trabai na prevenção. Por isso mim um ta da força pe esses agentes pe esse bom traboi q es te faze. Força nos PN de são vicente

  2. Brigada de Transito precisa de passar atráz da rua que se chama coxim,na Fonte Françes para ver carros a entrar no sentido proibido, a causar problemas(carros de moradores que não respeitam código de estrada e postura)

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.