Funcionários da empresa Corin suspeitos de furtar sacos de açúcar

4/03/2013 09:56 - Modificado em 4/03/2013 10:20
| Comentários fechados em Funcionários da empresa Corin suspeitos de furtar sacos de açúcar

policia bicForam furtados 67 sacos de açúcar do armazém da empresa, Corin – Comércio Geral. Segundo o que apurámos, o caso está sob a alçada da Brigada de Investigação Criminal que já recuperou parte do produto e que as suspeitas recaem sobre funcionários da empresa, em conivência com outros cidadãos.

O NN apurou que os responsáveis da empresa, Corin – Comércio Geral detectaram que o armazém situado nos terrenos da antiga Itelcable ,no recinto da Ex-Empa, em Alto 5 Julho estava a ser assalto. O caso foi descoberto através de uma denúncia; a empresa soube que havia pessoas a retirar sacos de açúcar de 50 kg do seu armazém para vender de forma ilícita.

Segundo o que apurámos “os sacos eram passados para outro armazém situado no local, de onde a mercadoria era retirada para o exterior. Com esta situação, a empresa fez a contagem do stock e com base no inventário apurou que faltavam 67 sacos de açúcar”.

O caso foi entregue à Polícia Nacional que demandou à Brigada de Investigação Criminal que realizasse diligências para recuperar a mercadoria e identificar os autores do furto. No âmbito de uma investigação, a BIC identificou os supostos autores do crime, entre eles, funcionários da Corin e recuperou cerca de 50 sacos de açúcar.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.