Reunião com membro da reitoria da UNICV deixa tudo na mesma : alunos vão boicotar os exames

2/03/2013 02:10 - Modificado em 2/03/2013 02:10
| Comentários fechados em Reunião com membro da reitoria da UNICV deixa tudo na mesma : alunos vão boicotar os exames

A reunião com um dos membros da reitoria da Universidade de Cabo Verde (UNICV), Bartolomeu Varela, que veio da cidade da Praia com o propósito específico de falar com os estudantes da ex-ISECMAR (Instituto de Engenharia e Ciências do Mar), não surtiu o efeito que os alunos esperavam. Durante mais de duas horas de reunião em que foram discutidos outros problemas da escola para além da taxa de mil escudos por cada exame que realizarem na segunda chamada – o ponto crucial das suas reivindicações, sentem que tudo ficou na mesma por isso vão prosseguir com as acções de protesto.

Uma semana depois do aviso fixado no antigo ISECMAR relativo ao pagamento de 1000 escudos de taxa por cada exame que os estudantes realizarem na segunda época, têm-se assistido a várias manifestações dos alunos procurando deitar por terra esta cláusula do “Novo Regulamento de Propinas e Emolumentos” respectivo ao ano lectivo de 2012/2013.

 

Às sete da manhã desta sexta-feira, 1 de Março, os estudantes já tinham formada a sua corrente para proibir os funcionários de trabalhar e saber o que o conselho directivo tinha para lhes dizer. A polícia foi chamada a intervir no local e falou de forma pacífica com os estudantes, informando-os inclusive que para prosseguirem com aquele tipo de acções teriam de endereçar uma carta à polícia e Câmara Municipal com a sua identificação.

 

Foi precisamente a primeira coisa que os estudantes fizeram depois da reunião desta tarde com Bartolomeu Varela, apontarem os seus nomes deixando claro para todos que as acções de protesto vão continuar.

 

Bartolomeu Varela bem que procurou apontar as vantagens do novo regulamento face ao anterior e mais uma vez reforçar que a taxa pretende ter um efeito dissuasor sobre os alunos (no sentido de eles se esforçarem mais ao longo do semestre), mas nada parece demovê-los da sua causa.

 

O mesmo responsável garantiu também que algumas reivindicações dos estudantes seriam discutidas no próximo conselho da universidade, mas nada vai mudar no “prazo útil” para os alunos, ou seja, antes do início dos exames a 7 de Março. Sob este pano de fundo, os estudantes ameaçam impedir a realização das provas.

 

 

Matérias relacionadas:

http://noticiasdonorte.publ.cv/11484/estudantes-do-ex-isecmar-organizam-manifestacao-em-protesto-contra-pagamento-de-exames/

 

http://noticiasdonorte.publ.cv/11526/braco-de-ferro-no-ex-isecmar-nao-vamos-pagar-a-taxa-agora-digam-isso-a-praia/com vídeo: http://noticiasdonorte.publ.cv/11494/estudantes-da-ex-isecmar-e-recusam-se-a-pagar-taxa-de-exame/

 

http://noticiasdonorte.publ.cv/11522/estudantes-do-ex-isecmar-com-30-mil-contos-de-propinas-em-atraso/

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.