Governo vem a São Vicente para dar o seu parecer

1/03/2013 01:48 - Modificado em 1/03/2013 01:48

Devido às controvérsias que as obras do acesso norte do Porto Grande estão a gerar em relação ao impacte ambiental que poderá vir a causar na praia da Laginha, o Ministro do Ambiente anunciou que o Governo, a CMSV e a Enapor chegaram a um acordo para a realização de uma sessão pública de esclarecimento sobre esse projecto que vem dividindo a opinião das pessoas, porque uma parte aprova a obra e a outra é contrária.

 

Na sexta-feira, 1 de Março, a ilha de São Vicente acolhe uma sessão pública voltada para a questão das obras do acesso norte do Porto Grande. Este projecto que está em discussão, saiu da esfera pública e das redes sociais e agora chegou ao debate no Parlamento por via dos deputados da UCID que já entregaram no Tribunal de São Vicente, um pedido de embargo da obra.

 

O Ministro do Ambiente, Antero Veiga, na sua intervenção reconheceu as preocupações da sociedade civil e dos deputados da UCID e do MPD em relação ao impacte ambiental que o projecto poderá vir a causar na praia da Laginha.

 

Mas o ministro defendeu que é necessário um espírito de abertura para com a intenção da Enapor, promotora do projecto e com as decisões tomadas pelas autoridades competentes na aprovação do estudo de impacte ambiental. Para o Ministro Antero Veiga, há que dar o benefício da dúvida a ambas as partes e sublinha que a sessão a ser realizada na ilha de São Vicente vai esclarecer várias questões.

  1. local e hora?

    sexta feira, dia 1??? noticia incompleta ê ka noticia

  2. Carlos Da Graça

    Espero que a obra de modernisação será feita de maneira totalmente transparente , e que não traz nenhum prejuizo nem a praia de laginha nem aos habitantes dessa zona. Parece-me mais do que normal tomar em consideração estes dois factos a fim que todas as partes ficam satisfeitos do projecto.

  3. Carlos Silva - Ralão

    O Governo teve que esperar que chegasse a este ponto? Se tivessem socializado o projeto há muito mais tempo com a sociedade civil, neste momento não estariam a gastar dinheiro dos contribuintes para vir dar explicações aqui em Mindelo, e pior que muitos deles que estão no Governo não são técnicos ambientais e nem da engenharia civil para nos esclarecer melhor ainda. Quero que a minha ilha avance e seja criados muitos postos de trabalho. Sou a favor desta obra desde que para o bem de todos nós.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.