Retrete pública nas imediações da Esquadra Policial de Fonte Inês

26/02/2013 00:58 - Modificado em 26/02/2013 00:58
| Comentários fechados em Retrete pública nas imediações da Esquadra Policial de Fonte Inês

A transformação de um terreno ao lado da Esquadra Policial de Fonte Inês numa retrete pública estava a prejudicar o dia-a-dia dos moradores e dos agentes da polícia, uma vez que o cheiro nauseabundo proveniente do espaço tirava-lhes o sossego. Porém, depois de várias reivindicações, o espaço começa a ganhar uma nova imagem com a retirada do lixo e dos excrementos aí depositados.

Há oito meses, um grupo de moradores de Fonte Inês contactou o NN para denunciar uma situação que estava a causar transtornos nessa localidade: alguns indivíduos resolveram transformar um terreno ao redor da Esquadra Policial numa casa de banho e num depósito de lixo.

Com esta situação, tiveram que fechar portas e janelas para fugirem do cheiro nauseabundo e dos mosquitos, melhor dizendo: eram obrigados a usar aromatizantes para perfumarem as próprias casas e repelentes de insectos. Mas o problema é que os cidadãos não se podiam queixar porque a Polícia também tinha razões de queixa.

Porém, a história mudou de rumo porque os residentes e a polícia reconquistaram o seu sossego, pois um grupo de trabalhadores foi indigitado para fazer a limpeza do local. Segundo o que constatámos, as árvores que criavam um ambiente propício para fazerem do espaço uma retrete foram cortadas e os resíduos encontrados no terreno estão a ser recolhidos.

Para os moradores, o trabalho de limpeza vem dar um novo alento à comunidade, mas dizem esperar que o proprietário do terreno vede o espaço, para que este não volte a transformar-se numa retrete pública e depósito de lixo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.