INPS garante que as pensões de reforma não diminuíram.

22/02/2013 00:52 - Modificado em 22/02/2013 01:11
| Comentários fechados em INPS garante que as pensões de reforma não diminuíram.

A Presidente do INPS, Leonesa Fortes, esclarece sobre o modelo de cálculo das pensões e garante que não se encontra escrito, em nenhum lado, que os valores das pensões de reforma diminuíram, declarações essas que contradizem o presidente da Confederação Cabo-verdiana dos Sindicatos Livres.

Ao contrário do que foi dito pelo presidente da Confederação Cabo-verdiana dos Sindicatos Livres, a Presidente do INPS Leonesa Fortes, declara à RCV que “não existe nenhum documento que fale em redução de 40 % ou de 60 % nas pensões de reforma”. Leonesa Fortes considera que José Manuel Vaz procurou criar uma situação de pânico social no país.

Leonesa Fortes esclarece que o novo modelo de cálculo das pensões estabelece em 15 anos o tempo mínimo de garantia e como principal base de cálculo a média dos salários dos últimos 10 anos e a carreira contributiva do trabalhador que entra em situação de reforma, sendo mais beneficiado aquele que mais e durante mais tempo contribui. A presidente do INPS adianta que as regalias dos reformados, por conta dos descontos efectuados, não se circunscrevem às pensões, visto que o dinheiro retido ao longo da carreira contributiva também financia a assistência médica e medicamentosa dos aposentados.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.