Jovens podem responder à acusação de tentativa de homicídio

21/02/2013 02:11 - Modificado em 21/02/2013 02:11

Os indivíduos que atacaram um funcionário do departamento da Polícia Judiciária na Rotunda da Ribeira Bote podem ser indiciados de um crime de tentativa de homicídio. É que pela gravidade da agressão e com base nos indícios apurados na fase de instrução, o MP não descarta a possibilidade de que os jovens pretendiam assassinar o técnico da PJ.

 

César Silva, técnico auxiliar da polícia científica, recuperou das lesões sofridas durante um ataque perpetrado por um grupo de jovens da zona da Ilha da Madeira. Depois de deixar o hospital onde esteve internado durante vários dias, o funcionário da PJ esteve na Procuradoria da República para fazer o reconhecimento dos indivíduos detidos pelas autoridades por suspeita de participação no caso.

Segundo o que apurámos, esta diligência está englobada no processo de instrução realizado pelo Ministério Público para apurar os factos que aconteceram na madrugada do dia 31 de Janeiro, na Rotunda da Ribeira Bote. E que no âmbito da averiguação, o técnico da PJ identificou como participantes do ataque, um menor de 15 anos e seis jovens que cumprem prisão preventiva por suspeitas de ligação ao caso.

Este online soube que o Ministério Público não descarta a hipótese de indiciar os indivíduos da prática de um crime de homicídio na sua forma tentada. Isto, pela sua conduta de actuação, onde os factos apontam que para além das agressões, os suspeitos tentaram lançar-lhe uma pedra à cabeça, mas que houve pessoas que impediram essa acção. E que ainda, podem responder a uma acusação de roubo, resistência e detenção de arma proibida, porque levaram a pistola de serviço do funcionário da PJ, uma arma de calibre 7.65.

Recorde-se que César Silva foi comprar uma sanduíche numa lanchonete ambulante na Rotunda da Ribeira e apercebeu-se que um grupo do qual faziam parte os suspeitos, estava a assaltar um homem. Ao se aperceber da situação, acabou por interceptar um dos intervenientes, mas acabaria por ser atacado com pedras, pontapés e garrafas pelos indivíduos que o deixaram inconsciente à beira de uma lanchonete ambulante.

  1. Mindelense

    Jovens podem responder à acusação de tentativa de homicídio? Fala sério, tem de responder sim e condenados com o máximo de anos de prisão, e acho que deveriam prestar serviço social, ou mesmo forçado durante os anos de cumprimento da pena para poderem pagar os custos na prisão que está sendo pago pelos contribuintes. Você é assaltado, agredido, violado, assassinado e ainda te descontam no teu salário para pagar a estadia nas prisões da banditagem, é um absurdoooooooooooooo.

  2. santos

    que tal dar-lhes o mesmo destino dos caes vadios?

  3. Hermes

    A sugestao do Sr. Santos é bem visto, ja que esses jovens sao como os caes vadios.

  4. Ivan Gomes

    é COMO MUITO PESAR QUE DIGO AO POVO DE SÃO VICENTE QUE ESTES INDIVIDUOS HÁ MUITO DEVIAM ESTAR ATRÁS DAS GRADES, PORQUE SÃO INDIVIDUOS QUE ESTÃO INDICIADOS NO TRIBUNAL EM VÁRIAS SITUAÇÕES DE AGRESSÕES, ASSALTOS E OUTROS DELITOS, JÁ ASSISTI VÁRIOS JULGAMENTOS NO TRIBUNAL, INCLUSIVE PERTENCEM AO GRUPO PINTCHÁ ANDOR QUE QUE JÁ ASSASSINOU DOIS JOVENS NESTA CIDADE DO MINDELO E JÁ MUTILOU VÁRIOS OUTROS, INCLUSIVE UMA SEMANA ANTES, ASSISTI A POLÍCIA DE CHOQUE A ABORDÁ-LOS PORQUE TENTAVAM AGREDIR PESSOAS

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.