Escola do Mar para apostar na valorização da economia do mar

21/02/2013 02:07 - Modificado em 21/02/2013 02:07

O ministro do Ensino Superior, Ciência e Inovação afirmou que se pretende criar uma Escola do Mar na ilha de São Vicente como uma unidade orgânica independente dentro da UNI-CV que faça interface com as instituições do Estado e privadas. Com a Escola do Mar, o Governo pretende dar maior dinamismo ao processo de investigação oceanográfica e a outras áreas ligadas ao mar.

 

O ministro António Correia e Silva na apresentação do projecto assegura que a Escola do Mar vai promover a formação especializada na área do mar e adianta que “somos um país arquipelágico que quer apostar na economia azul, o que implica uma base endógena de conhecimento e que demanda um investimento muito forte na formação onde a questão do mar partilha espaço com outras temáticas”.

O ministro do Ensino Superior, Ciência e Inovação vai mais longe e afirma que “a Escola do Mar vai-se inserir numa rede internacional, da qual faz parte a UNICV, mas voltada para a especialização, isto é, para uma formação de alto nível”. Adianta que o ministério que dirige irá estabelecer parcerias com as Canárias e retomar as relações com países que apostam no sector do mar para que haja a inclusão da escola no Campus Internacional do Mar.

Inovação

“O projecto vai trazer melhorias concretas porque queremos potencializar as parcerias para relançarmos a formação na área marítima onde temos estado a fazer formação ainda com dificuldades. Mas também na área marinha, das pescas, da aquacultura, do cultivo de microalgas que são componentes essenciais para a nova Escola do Mar” sublinha o ministro António Correia e Silva.

O ministro concluiu dizendo que a República Popular da China atribuiu um pacote de bolsas em formação avançada que estarão em concurso, na perspectiva de desenvolver a Escola do Mar.

 

 

  1. Fernando Fortes

    Deixem de brincadeiras.Então tinhamos a Escola Náutica, que custou muito a poder de pé, quase que dão cabo dela.Professores experientes foram empurrados para outros campos do ensino técnico onde não estão tão bem preparados e agora vem dizer que vão criar uma escola do mar.Paciência.Tenham rumo…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.