O Futuro da Justiça

18/02/2013 23:12 - Modificado em 18/02/2013 23:12
| Comentários fechados em O Futuro da Justiça

O Ministro da Justiça que veio a São Vicente para o Conselho de Ministros Especializado para os Assuntos Económicos, Inovação e Competitividade visitou o Centro de Arbitragem e Conciliação da Câmara de Comércio de Barlavento. Considera que a Câmara de Comércio está a fazer um bom trabalho disponibilizando o recurso à justiça como forma de resolução dos conflitos sem recorrer aos Tribunais.

 

O Ministro da Justiça, José Carlos Correia, visitou o Centro de Arbitragem e Conciliação da Câmara de Comércio de Barlavento e adianta que “a sensibilização dos advogados mandatários é um desafio importante, porque eles próprios irão promover a conciliação de arbitragem nos diferentes conflitos que possam surgir a nível empresarial”.

O Ministro da Justiça vai mais longe e afirma que “é o futuro da própria justiça” visto que é uma forma de resolver os conflitos sem recorrer aos Tribunais. Adianta que a disponibilidade do centro é uma mais-valia que serve os interesses dos próprios empreendedores cabo-verdianos. O Ministro complementa que é uma grande oportunidade para o país. O Centro de Arbitragem e Conciliação da Câmara de Comércio de Barlavento tem como perspectiva tirar muitos processos dos tribunais o que contribui para um maior desenvolvimento dos negócios em Cabo Verde.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.