Depois de combustível roubado…trancas nos depósitos

11/02/2013 01:07 - Modificado em 11/02/2013 01:07
| Comentários fechados em Depois de combustível roubado…trancas nos depósitos

Depois de receber uma denúncia que se estava a roubar o combustível que se encontrava a bordo do navio Terry Tres, as autoridades marítimas reforçaram a vigilância. E ainda deixaram um aviso ao agente do navio: se houver novas denúncias, a tripulação terá que ser substituída.

 

Conforme o NN tinha noticiado, o Instituto Marítimo Portuário recebeu uma denúncia que o combustível que se encontrava a bordo do navio Terry Tres estava a ser roubado e desembarcado por pescadores no Calhau. As autoridades fizeram uma averiguação ao cargueiro encalhado na ilha de Santa Luzia, mas não puderam provar quem roubou parte das 60 toneladas que estão em depósitos armazenados no porão do Terry Tres.

 

Segundo o que apurámos “não se pode detectar a quantidade, mas certamente houve alguns bidões de combustível que foram roubados por alguém que está a bordo do navio. Eles negaram e não temos provas concretas, porque num universo de cerca de 60 toneladas, se foi retirado combustível, para saber quantos litros foram roubados teríamos que fazer uma nova medição”

Trancas e suspeitas

As autoridades marítimas sublinham que para apurar a quantidade de combustível roubado dos depósitos seria necessária a aplicação de mecanismos semelhantes ao processo de trasfega de combustível utilizado aquando do encalhe do navio. Mas garantem que reforçaram a fiscalização e acrescentam ainda que o maior problema é responsabilizar as pessoas que fazem parte da tripulação.

Porém, depois do combustível roubado, as autoridades colocaram trancas nos depósitos e apertaram a vigilância do combustível e dos tripulantes. “Se tivermos outras denúncias trocamos imediatamente a tripulação que só não foi substituída por falta de provas concretas. Mas ficou o aviso que o agente deverá fazê-lo mediante a nossa exigência de substituição”.

***

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.