Jorge Santos dá voz contra a censura do Governo

7/02/2013 23:59 - Modificado em 7/02/2013 23:59

O grupo parlamentar do MpD, através do deputado Jorge Santos acusa o Governo de negar à oposição o direito de comunicar com os eleitores através da Televisão Pública e promete remeter o assunto ao Parlamento através de uma declaração política.

 

O deputado Jorge Santos dá voz contra a censura, violação do direito de comunicar com os eleitores. Jorge Santos declara à RCV que “fomos barrados e que a Delegação da TCV de São Vicente sob a orientação da direcção da Praia, foi proibida de transmitir a nossa conferência de imprensa em que pretendíamos apresentar reivindicações urgentes e justas da população de São Vicente”.

O deputado Jorge Santos avança que “estamos num sistema democrático e não numa ditadura”, logo, não se pode proibir os deputados eleitos de exercerem o papel de porta-voz do povo que os elegeu. Assim os deputados do MpD cancelaram a conferência de imprensa como forma de protesto público e o deputado Jorge Santos considera que é preciso repor a normalidade e anunciou que o grupo parlamentar do MpD vai levar este assunto ao Parlamento através de uma declaração política.

  1. Djme

    Pessolamente estou contente por esta ocorrencia ter acontecido com um deputado barlaventista e da Nacao caboverdiana para ele poder agir como deve ser. Nos os habitantes de Cabo Verde sempre temos esperancas que os deputados foram eleitos para denunciar atitudes negativas e contra as populaces. Para isto um deputado tem que agir na hora, antes das populacoes gritarem primeiro. Foi bom ter aontecido com Jorge Santos. Agora da direito ao Jorge Santos defender perante a AN que a Televisao e de CV

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.