Rapper Batchart levou o álbum Wikileaks a Santo Antão

3/02/2013 23:48 - Modificado em 3/02/2013 23:48

Batchart, o rapper do momento, deslocou-se à ilha de Santo Antão para o lançamento do seu trabalho a solo “Wikileaks”. Este rapper mindelense que reside actualmente na Cidade da Praia tem levado o álbum a várias ilhas de Cabo Verde, e agora foi a vez das pessoas das três cidades de Santo Antão terem a oportunidade de ouvir ao vivo o “Wikileaks”, considerado um dos melhores álbuns pela sua qualidade e intelectualidade do autor.

O Polivalente David Fortes, na cidade da Ribeira Grande, ilha de Santo Antão, recebeu o espectáculo de apresentação do álbum “Wikileaks” do rapper mindelense, Batchart. Depois de alguns imprevistos que ditaram o adiamento do concerto do rapper na ilha de Santo Antão, Batchart presenteou os cidadãos da Ribeira Grande, Paul e Porto Novo que afluíram ao polivalente David Fortes com as músicas que compõem o seu trabalho musical. Os cidadãos que estiveram presentes no espectáculo tiveram a oportunidade de ouvir o “Wikileaks”, um dos álbuns mais tocados nas rádios, na internet e em muitos telemóveis dos fãs que andam por várias ilhas a ouvir as músicas em alto e em bom som, até que um rapper leve o seu trabalho a solo a todas a ilhas de Cabo Verde num projecto que atribuiu o nome de wikitour.cv.

Divulgação

O rapper Batchart fez a sua avaliação do concerto na ilha de Santo Antão e publicou na página oficial do espectáculo “Obrigada sintanton. Show foi brutal…” Recorda-se que em Novembro aquando da apresentação oficial do trabalho musical na sua terra natal, Batchart afirmou: “vejo que estou sintonizado na mensagem que estou a passar e as pessoas não se preocupam sobre quem eu sou, como me visto ou como me pareço”. Batchart sublinha este facto já que para ele o “ideal está a ser passado” e com esse trabalho pretende dar uma “nova roupa ao rap crioulo”. O rapper que recebeu quatro nomeações para o CVMA 2013, já levou o “Wikileaks” à ilha que o viu nascer, São Vicente, bem como a Santo Antão, São Nicolau, Sal, Boa Vista e Santiago. Batchart ganhou êxito na música e o seu trabalho musical que está em formato digital e em CD, transformou-se num fenómeno nas redes sociais e em lojas digitais internacionais e, em menos de um mês, foi alvo de cerca de cinco mil dowloads.

  1. Lela Veneno Junior

    Ca bo perdé temp kesse barulhada!! Tud menos musica! Este botchada é 1 insulto aos artistas e á art musical.

  2. Baldoquinho

    Não gosto da música.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.