Primeiro-ministro : ” Fomos para além dos nossos limites”

3/02/2013 23:06 - Modificado em 3/02/2013 23:06
| Comentários fechados em Primeiro-ministro : ” Fomos para além dos nossos limites”

As reacções à eliminação de Cabo Verde da Copa de África das Nações fizeram-se sentir nas redes sociais, principalmente no facebook. O Primeiro-ministro José Maria Neves e os internautas enalteceram o papel dos jogadores, do staff técnico e dos dirigentes pela sua prestação histórica na África do Sul, mas ainda houve quem tenha lançado duras críticas à equipa de arbitragem que apitou o jogo entre Cabo Verde e o Gana.

Os cabo-verdianos e todas as pessoas que acompanharam a campanha de Cabo Verde no CAN 2013 e que prestaram o próprio tributo aos Tubarões Azuis reconheceram não só o empenho e a dedicação da comitiva da selecção cabo-verdiana de futebol para concretizar o desígnio nacional de levar Cabo Verde à maior competição do futebol africano, como também a forma como se apresentaram nos quatros jogos com uma filosofia de jogo que coloca os Tubarões Azuis nos patamares das selecções consideradas como as melhores de África.

Post de JMN

O Primeiro-ministro José Maria Neves publicou no seu mural do facebook: “Fizemos um grande percurso no CAN. Fomos para além dos nossos limites. Criámos grandes possibilidades para o nosso país. Lúcio Antunes e toda a Equipa Técnica, Mário Semedo e a Federação, Jogadores e todos os dirigentes desportivos que participaram nesta grande jornada estão de parabéns. Sentimo-nos orgulhosos. Hoje temos mais Cabo Verde.

Para além do Primeiro-ministro, vários foram os cidadãos que quiseram deixar uma mensagem aos Tubarões Azuis. Gilson da Luz escreveu na página “get up stand up and make a clap to Cap Vert…. NOS ORGULHO A NOSSA SELECÇÃO… NO TA MERECE ESTOD NA FINALLLLLLLL. POR NOS TUD LEVANTA E BATE PALMAS PA NOS HERÓIS DE ÁFRICA DE SUL”.

Lendira Cabral diz sentir orgulho da selecção de Cabo Verde, mas critica o trabalho da equipa de arbitragem “no da tud na kel jog pena k arbitro ka faze jog limp e lixa nos, Gana tava xei d med d Cabo Verde no caba kes na jog, no ataca jog inter so q arbitro tava comprod e no ka pud faze nada. content d sabe k es tava xei d med d nos tubarão azul, tond k foi mestid corrupção pas ganha nos!!! mi é dod na bsot e bsot pode tem certeza no ta bem recebe bsot d broç abert e pa nos ja nos é campeão!!!”

Críticas

 

Tubarão procura arbitro

 

Os erros cometidos pela equipa de arbitragem e que ditaram a eliminação dos Tubarões Azuis não agradou aos internautas e Stiven Delgado é um exemplo “ARBITRO K ARBITROU CV vs GANA el caba d ganha um mina de pitrôl -el ma sesh kamuflaja d kex korrupt de Can tud esh ê tud uns bandid ma no t peguez un dia-totalmente revoltod ma kel bandid…Tubarâo Azul até morrer”.

Iva Almeida partilha da publicação de Stiven e escreve: “Mandaram-nos embora…Hoje senti muita raiva e não estou para cortesias: Se eu pudesse atirava o árbitro e a equipa da CAF aos tubarões, no sentido literal da palavra. Há quem diga que não devemos dar importância ao sucedido e, sim, valorizar a parte positiva da presença de Cabo Verde no CAN, mas pergunto: Como ignorar isto? Como passar por cima deste sentimento de revolta?”.

De realçar que se este online fosse escolher todos os comentários publicados nas redes sociais, ainda estaríamos a escrever a página dos comentários de apoio aos Tubarões Azuis, mas o que se denota é que a união dos cabo-verdianos não passou em branco na hora da despedida de Cabo Verde do CAN, onde a sua prestação fica guardada na memória de vários países.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.