Para combater o desemprego

3/02/2013 22:57 - Modificado em 3/02/2013 22:57

O presidente da CMSV, Augusto Neves, anunciou que a edilidade vai passar a exigir às empresas que executem obras municipais que passem a recrutar trabalhadores enviados pelo gabinete de emprego da autarquia.

Neves anunciou que esse gabinete está a aceitar inscrições com pedidos de emprego para depois encaminhar as pessoas conforme as obras que forem surgindo. Disse que a maioria das obras realizadas na ilha resultam dos concursos lançados pela CMSV, por isso, considera normal que “as empresas que ganhem os concursos recrutem os trabalhadores através do Gabinete de Emprego”. Para além disso, informou que tem conversado com outras empresas com obras não municipais em curso para passarem a fazer o recrutamento através do Gabinete de emprego da CMSV. O edil considera que estas medidas vão no sentido de tentar reduzir o desemprego na ilha de São Vicente.

  1. Severino Manuel

    Qual a diferença se o dono da obra recrutar os seus trabalhadores? Não será o mesmo nº de pessoas a trabalharem? A única diferença está na propaganda. O populismo barato!

  2. Lima Duarte

    melhor do que os jovens ficarem parados..a mente ocupada livra de vários males

  3. nadia

    Muito boa iniciativa. Essas pessoas devem ser seguidas nessas empresas e conforme o desempenho serem contratados ou integrados noutras empresas com um salário pois.

  4. É uma justa medida, visto tratando-se de obras Municipais, as regras tem que ser cumpridas, a inscrição terá que ser feita através do Gabinete de Emprego. Eu apoio
    esta iniciativa.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.