CEDEAO suaviza exigências

4/05/2012 07:59 - Modificado em 4/05/2012 07:59
| Comentários fechados em CEDEAO suaviza exigências

A Comunidade dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) abdicou ontem do nome que indicara para liderar a transição na Guiné-Bissau, mas decidiu manter as sanções impostas ao país e o envio de uma força de manutenção de paz.

A organização defendeu, no Senegal, que deve ser o Parlamento a eleger o presidente interino da transição, bem como o líder da Assembleia Nacional. A CEDEAO defendera antes que a transição devia ser liderada pelo presidente interino deposto, Raimundo Pereira, recusado pelos golpistas, cujos líderes foram ontem alvo de sanções da União Europeia.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.