Prisão preventiva para suspeitos de roubo na ilha de São Vicente

30/01/2013 00:48 - Modificado em 30/01/2013 00:48

O Tribunal da Comarca de São Vicente aplicou prisão preventiva a quatro indivíduos indiciados pela prática de crimes de roubos, na ilha de São Vicente. A decisão do juiz em aplicar-lhes esta medida de coacção deve-se ao facto dos sujeitos constituírem perigo para a sociedade, uma vez que tem antecedentes criminais relacionados com o fenómeno “caçubodi”.

 

Nesta segunda-feira, o 2º Juízo Crime procedeu ao interrogatório de seis cidadãos detidos pelas autoridades por suspeita da prática de roubos na via pública e em residências. Os indivíduos estão referenciados as autoridades polícias e na PJ como “cacubodistas”, pelo facto de terem vários processos em fase de instrução na Procuradoria de São Vicente por prática de “caçubody”.

Findo o interrogatório o tribunal decidiu aplicar termo de identidade e residência, TIR, a dois dos suspeitos, porque os factos que recaiam contra a sua pessoa não permitiam aplicação outra medida de coacção.

Por outro lado, um individuo de 40 anos, que já cumpriu várias penas de prisão por crimes dessa natureza foi conduzido para a cadeia da Ribeirinha. E os restantes com idades compreendidas entre 16 e 18 anos vão cumprir prisão preventiva, porque os factos do processo-crime, onde estão indiciados pela prática de roubo não lhes permitia continuar em liberdade.

Quanto aos processos-crimes que envolve os seis cidadãos foram enviados para o Ministério Publico para se averiguar os factos que culminaram com a detenção dos suspeitos. Findo o processo de instrução, o MP irá deduzir a acusação para que os sujeitos sejam submetidos a julgamento.

  1. Bom entre eles está o nosso conhecido “Chobrá”, uma figura mindelense que nos últimos dias com as suas piadas durante os desfiles de mandingas. Por outro lado São Vicente vêm três jovens, Ketcha, Raf Pret e Kenny D´ Chechénia, que começaram a ter uma boa carreira no mundo da criminalidade se despedir da liberdade, pelo que a sociedade agradece o juiz que lhe mandou para a prisão

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.