MpD Porto Novo: “A Câmara Municipal ainda não assumiu funções”

30/01/2013 00:43 - Modificado em 30/01/2013 00:43

Para o coordenador da Comissão Política do MpD no Porto Novo, Leonildo Oliveira, a Câmara Municipal do Porto Novo ainda “não iniciou o seu mandato”. E em vez de se preocupar com a população diz que a edilidade tem gasto o tempo “a gerar e gerir conflitos de interesse de camaradas”.

 

É que para o deputado, a Câmara tem-se preocupado apenas em criar cargos e divisões com o “único intuito de arranjar jobs”. “Há relatos, de que existem funcionários de outros serviços públicos do Conselho que acumulam funções de chefia na Câmara, uma clara violação das leis nacionais”, denuncia o coordenador.

 

Leonildo Oliveira diz que a edilidade não foi capaz, até ao momento, de aprovar uma estrutura organizacional. E adianta que o que existe é “uma indefinição nas atribuições e tarefas de cada um e de cada serviço”, o que tem prejudicado os munícipes que procuram os serviços da Câmara. E para Leonildo, há uma ausência dos poderes públicos, governo e edilidade na satisfação das necessidades básicas da população que está “à mercê da sua própria sorte”.

  1. Artista de soncente

    Leonildo quem te viu e quem te vê, fomos colega na JPAICV, eu agora já não entendo mais nada de honestidade, porque será

  2. MANDINGA DE SONCENT

    ó ARTISTA DE SONCENT, nesvs caso Leonildo foi honesto, se nao el tava continua te pactua que quess diabruras do partido faxista e com os corruptos do paicv, veja o que está acontecendo agora em P. Novo? lobo te cme lobo, riola e mais riola… ser honesto é ter capacidade de reconhecer o erro, e Leonildo bem o reconheceu… PAICV ja cabá na nada, agora até MANDINGAS ÉS cré levá pa Praia…

  3. mascrinha

    agora é triste ver esse individuo deambolando de um lado para outro com uma tristeza estampado no rosto. hahahahahha esta apagar o que deveu!

  4. Lombo Branco

    Podem os mais radicais do PAICV em Porto Novo espernear de raiva do Leonildo Oliveira, dizendo que ele fez parte da equipa do Amadeu Cruz e não fez nada, que já foi militante do PAIGC-CV, que é feio, que é do Sul, ou seja mais o que for preciso para acabar com a sua raça. Ele realmente esteve na escola do PAIGC-CV, o que lhe dá uma grande vantagem de saber combater os camaradas, especialmente uns tantos com formação no radicalismo político e, por experiência própria, sabe reconhecer os troca-botas. Ele diz ter saído do PAIGC-CV por ter entrado em rotura com o pensamento e as políticas deste partido. Ele e todos nós conhecemos, no entanto, outros no Porto Novo que eram do MPD e, hoje são dos mais ferrenhos do PAICV. Podem acreditar que estes não foram movidos por qualquer sentimento ideológico, mas sim pelo interesse e pela ganância – o MPD foi para a oposição em 2001 e já não tinha mais nada para dar. Estes saltaram do barco… O que interessa neste momento é que este homem faz parte da oposição à Câmara Municipal do Porto Novo, eleita pelo povo que achou que a equipa anterior do Dr. Amadeu Cruz não estava a fazer o melhor para o município. Durante muitos anos de propaganda o PAICV sempre pregou que as equipas do MPD não faziam o suficiente para o município e, tanto passaram esta mensagem que finalmente a Eng.ª Rosa Rocha conseguiu ser eleita. Agora que é poder cabe ao PAICV fazer melhor, deixando de se comportar como se ainda estivesse em campanha eleitoral e começando a mostrar trabalho. Uma verdade verdadeira é que há seis meses só de “riola, “bufaria” e “sacanagem” política.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.