Kevin o rei que virou mestre sala

29/01/2013 00:16 - Modificado em 29/01/2013 00:16
| Comentários fechados em Kevin o rei que virou mestre sala

Kelvin Rocha detentor da coroa do rei de 2012 do grupo carnavalesco “Cruzeiros do Norte” este ano de 2013 veste-se de mestre de sala e garante que gosta de trabalhar com o grupo, visto ser de confiança e estarem unidos. Rei de 2012 está no Carnaval de 2013 e quer trazer o prémio novamente para o grupo, neste caso, o título de mestre de Sala.

 

Kelvin Rocha declara que “desde criança que tenho o sonho de ser Rei e Mestre de Sala, o 1º realizou-se no ano passado; espero alcançar a conquista do Mestre de sala. Também venho apoiar os reis e rainhas deste ano, visto não ser uma missão fácil”. Mas Kelvin Rocha acredita que com muito esforço e determinação consegue-se alcançar os objectivos e avança que na vida nada é fácil e os objectivos alcançados com sacrifício sabem melhor.

 

Desde então criou uma aposta pelo grupo visto que cumpre e honra os seus compromissos e refere que o Cruzeiros tem sido um grupo de inovação e a cada ano está a conquistar o seu espaço. 2012 foi marcante para Kelvin que realizou um dos seus sonhos: ser Rei de Carnaval. Um dos prémios foi uma passagem aérea em que declara: “fui a Portugal, ver a minha mãe que estava doente em tratamentos médicos tendo-lhe sido diagnosticado um cancro”. Kelvin refere que a vitória pessoal e pelo Cruzeiros do Norte veio numa altura que mais precisou, visto ter podido estar ao lado da mãe nos últimos dias de vida, mas para além de ter sofrido uma grande perda, Kelvin não perde o brilho nos olhos ao falar do Carnaval e agradece aos júris que o escolheram e ao presidente do grupo que confiou nele para ser rei do Cruzeiros do Norte.

 

Kelvin Rocha apela aos jovens para que brinquem o Carnaval sem violência e sem vinganças. Declara que “o Carnaval é para desfrutar e para contribuir para a nossa Cultura cabo-verdiana e, principalmente, o mindelense que tem praticamente um Carnaval Brazilim”. O mestre de sala de 2013 do grupo Cruzeiros do Norte não deixa de agradecer o Presidente Augusto Neves e o vereador Humberto Lélis. Kelvin declara que “apesar da crise, a CMSV conseguiu contribuir, pouco ou muito que seja. É de agradecer e desejo força e coragem aos presidentes dos outros grupos, visto não ser nada fácil colocar os grupos nas ruas do Mindelo”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.