Gatunos abrem vala no Aeroporto Internacional Amílcar Cabral para roubarem cobre

28/01/2013 23:53 - Modificado em 28/01/2013 23:53

A ASA detectou o roubo de equipamentos no Aeroporto Internacional Amílcar Cabral na ilha do Sal. A empresa constatou que da pista do aeroporto foram roubados cabos de cobre, telefónicos e de telecomando. De realçar que esta situação provocou uma avaria no equipamento de navegação instalado no Aeroporto Internacional Amílcar Cabral. Um grupo de suspeitos foi identificado pelas autoridades criminais e aguardam julgamento sob TIR.

 

Mário Paixão, presidente da ASA, empresa de Aeroporto e Segurança Aérea disse à RCV que na semana passada detectaram uma avaria no equipamento de navegação instalado no Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal. Os técnicos da empresa constataram que houve intromissão de pessoas numa zona remota da pista com roubo de cabos de cobre, telefónicos e de telecomando. Os gatunos abeiraram valas na pista na zona oeste do aeroporto, nas imediações da zona da Palmeira. A PJ conseguiu detectar um sítio onde os assaltante tinham armazenado os equipamentos roubados e os instrumentos que utilizaram no roubo.Os suspeitos foram detidos e estão sob Termo de Identidade e Residência e serão julgados no dia 7 de Fevereiro

 

O PCA da ASA reconhece que a ocorrência afectou a integridade do aeroporto e o seu sistema de comunicação, uma situação que obriga a empresa a reforçar o sistema de segurança nos aeroportos existentes em Cabo Verde.

“Há mais ameaças sobre os aeroportos, estamos neste momento a fazer uma análise das vulnerabilidades dos sinais que existem em todas as ilhas. Inclusivamente já começamos a tomar medidas para resolver esses problemas instalando equipamentos de protecção de vigilância e videovigilância inteligente para proteger a zonas sensíveis dos aeroportos” declara Mário Paixão.

  1. Mindelense

    Eu sempre fui a favor que os aeroportos, centrais elétricas e produção de água, portos, parques eólicos, deveriam ter militares no patrulhamento para garantir a segurança.
    Se não somos um país que tem uma cultura de guerra e destruição contra outros países, porque não viabilizar todo o dinheiro que é investido na manutenção do corpo militar em Cabo Verde??? Fica aqui uma chamada de atenção aos grupos políticos que sejam unânimes quanto a este assunto, porque o Povo agradece….

  2. lima.

    Muito bem dito. Assino por baixo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.