Prisão preventiva para suspeito de roubos na cidade do Porto Novo

24/01/2013 00:14 - Modificado em 24/01/2013 00:14
| Comentários fechados em Prisão preventiva para suspeito de roubos na cidade do Porto Novo

O juiz teve mão pesada e mandou para a cadeia um indivíduo indiciado da prática de vários assaltos na cidade do Porto Novo, ilha de Santo Antão. O indivíduo de 25 anos, foi detido pela polícia e presente às instâncias judiciais e o magistrado aplicou-lhe prisão preventiva, como medida de coacção.

 

O Comando da Polícia Nacional do Porto Novo está a realizar uma acção policial para deter os cidadãos que estão a cometer crimes contra o património e contra as pessoas, os denominados “caçobody”. Na sequência dessa operação foi detido um indivíduo de 25 anos indiciado da prática de vários crimes.

A Polícia Nacional durante as averiguações apurou que as suspeitas apontam que o indivíduo terá cometido oito crimes de roubo que ficaram esclarecidos nas investigações que culminaram na sua apresentação ao Juízo Crime da Comarca do Porto Novo.

Perante os factos lavrados no auto de detenção e pelas provas recolhidas pelo tribunal, o juiz entendeu que o arguido deveria aguardar o desfecho do caso na prisão. Deste modo, o magistrado aplicou o artigo 290º do CP, a prisão preventiva e mandou encaminhar o cidadão para a Cadeia Civil da Ponta do Sol.

Quanto ao processo-crime, este foi enviado para o Ministério Público para que se apurassem os factos que determinaram a medida de coacção. Terminada a fase de instrução, o MP deduzirá a acusação para que o acusado seja submetido a julgamento.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.