Veiga : todo o mundo está preocupado com o Mali menos JMN

22/01/2013 00:36 - Modificado em 22/01/2013 00:36

O presidente do MpD, Carlos Veiga, acusa o governo de não estar a dar a devida atenção à situação vivida no Mali, quando está em causa a segurança dos países do norte de África e da CEDEAO. Para Veiga, o Primeiro-Ministro José Maria Neves, “esqueceu-se que a quase totalidade dos países da CEDEAO e do Magreb estão sob ameaça directa da acção dos terroristas”.

 

Veiga espera de Neves uma atitude mais presente na resolução do conflito. “No mínimo é estranho não estar presente no nível exigido”, referindo-se à ausência de Cabo Verde na Cimeira extraordinária da CEDEAO que tinha como tema principal o conflito no Mali e na Guiné-Bissau. E Veiga considera preocupante porque não foi usada a mesma argumentação em relação à crise na Guiné-Bissau de que Cabo Verde não tinha rectificado o Tratado de Defesa e Segurança da CEDEAO. Cimeira que, afirma Veiga, José Marias Neves “fez questão de brigar com o Presidente da República para estar presente”.

 

O MpD tornou público o seu apoio e solidariedade ao Mali e aos países da CEDEAO “confrontados directamente com esta grave acção do terrorismo internacional” e também à França pela resposta e intervenção no Mali. O MpD também entende “que o governo deve dar a atenção devida à guerra no Mali”.

  1. Dionisio Moreno

    O Sr. primeiro Ministro, não só não está preocupado com os países do norte de África e CEDEAO, como também Cabo Verde. Pois, uma vez atravessado esses países, o nosso estará de igual modo sob ameaça directa ou indirecta da acção dos terroristas, tendo em atenção a nossa aproximação. pelo que,o mesmo deveria ter uma ideia preventiva,visando a nossa segurança e não só.

  2. nt

    PINHA MA CANTAI, em vez dos Gajos estarem a se preocupar com coisas como : arranjar trabalho po coitado do nosso povo, melhorar a qualidade de vida interna etc. etc. , nao !! eles estao na brincadeira de miudos. mais precisamente o do MPD.

  3. Eduardo Oliveira

    O PM està fora de jogo e não se preocupa com absolutamente nada de jeito. Certo que seremos presa fàcil porque existe grande negligência na segurança em geral e nem sequer reparam nos que entram clandestinamente na nossa terra para pràticas ilicitas. No entanto não dou um certificado de bom comportamento ao CV cujas actuações têm sido igualmente desastrosas e sem sinal de emendar. A alternativa so pode ser repensar o modus vivendi e optar pela Descentralização para outro modus faciendi. Mas…

  4. Eduardo Oliveira

    Mas… isso se torna dificil de passar poque não saiu da caixinha do lider màximo que vive no seu paraiso e que se julga Deus-Pai.
    Cabo Verde não merece tanto castigo. Incluo mesmo Santiago que cresce desvairadamente mal, sem segurança, sem sem àgua, sem luz até para iluminar um cérebro pensante.
    Errar uma vez é humano mas insistir é erro que merece ser corrijido.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.