suspeitos de roubar cinco mil contos ficam sob TIR

22/01/2013 00:15 - Modificado em 22/01/2013 00:15
| Comentários fechados em suspeitos de roubar cinco mil contos ficam sob TIR

O Juízo Crime da Comarca do Sal aplicou Termo de Identidade e Residência aos três cidadãos suspeitos de roubarem um cofre com mais de cinco mil contos numa residência. O caso foi remetido ao Ministério Público para encontrar os autores do roubo e se apurar os factos que culminaram no desaparecimento do dinheiro e qual a participação dos suspeitos no caso.

Na semana passada, os proprietários de um pub na ilha do Sal apresentaram uma queixa à polícia dando conta do roubo de mais de cinco mil contos num cofre da sua habitação, na Praia António Sousa, em Santa Maria. Com os factos relatados pelas vítimas, a Polícia Nacional e Polícia Judiciária saíram para o terreno para realizar diligências para averiguar o caso.

 

Apenas suspeitos

Com a identificação de três cidadãos suspeitos de terem perpetrado o roubo, o Ministério Público emitiu um mandado de captura. Neste sentido, dois indivíduos da ilha do Fogo, pai e filho que já cumpriram pena por tráfico de droga e um cidadão salense, funcionário de um hotel em Santa Maria, foram detidos por agentes da Polícia Judiciária.

Os indivíduos foram presentes aos Juízo Crime da Comarca do Sal e após prestarem depoimento, o juiz aplicou TIR, Termo de Identidade e Residência, como medida de coacção e enviou o processo para o Ministério Público para desvendar quem roubou o cofre com cerca de cinco mil contos que veria a ser encontrado vazio nas imediações do estádio “Djidjuca” em Santa Maria.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.