Homem invade palco e aponta arma a político na Bulgária

20/01/2013 23:19 - Modificado em 20/01/2013 23:19
| Comentários fechados em Homem invade palco e aponta arma a político na Bulgária

O dirigente histórico do partido da minoria turca da Bulgária, Ahmed Dogan, foi alvo neste sábado de uma aparente tentativa de atentado, quando um homem subiu ao palco onde ele discursava e lhe apontou uma pistola à cabeça.

 

Durante o congresso do Movimento para os Direitos e Liberdades (MRF), na altura em que Dogan falava aos delegados do partido, um homem de 25 anos, armado com uma pistola à gás e duas facas, subiu ao palco e apontou-lhe a arma à cabeça sem, no entanto, conseguir dispará-la. As televisões filmaram o incidente.

 

O atacante foi rapidamente imobilizado e agredido por delegados e seguranças presentes no local. Segundo a polícia, o homem é de origem turca e vive em Burgas, na costa do mar Negro.

 

Ahmed Dogan, de 58 anos, dirige o MRF desde a sua fundação em 1990. O seu partido participou duas vezes em governos de coligação dirigidos pelos socialistas (ex-comunistas) ou de centro-esquerda, mas actualmente está na oposição ao Governo conservador do primeiro-ministro, Boïko Borissov.

 

Dogan reapareceu quatro horas depois do incidente, sorrindo e sendo aplaudido pelos delegados. Num discurso já previsto e que não teve nada a ver com o ataque de que foi alvo, anunciou a demissão da presidência do partido, uma decisão prevista há várias semanas.

 

 

 

 

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.